Um dispositivo caseiro foi o responsável pela queda do avião de passageiros russo que caiu no final do mês de outubro no Egito, informou o chefe da agência federal de segurança da Russia (FSB), Alexander Bortnikov, nesta terça-feira. Para o presidente Vladmir Putin, agora está claro que a queda do avião da Metrojet, que vitimou 224 pessoas foi um ato terrorista.
De acordo com os especialistas da FSB, um dispositivo caseiro equivamente a um kilo de TNT foi colocado a bordo, o que resultou na quebra da fuselagem do avião em pleno voo após a explosão.
As autoridades egipicias abriram investigação para avaliar uma possível falha de segurança que permitiu a infiltração de extremistas na equipe do aeroporto e que o foco da apuração são as equipes responsáveis pela movimentação de bagagens, cattering e equipe de segurança do aeroporto.

(2)