Um Boeing 737-8EH/SFP matrícula PR-GXA, da Gol Linhas Aéreas teve um princípio de incêndio no momento do acionamento dos motores neste domingo, 14 de fevereiro de 2016. A aeronave estava nos preparativos finais para taxiamento e decolagem na rota Brasília/São Paulo (CGH) quando, ao serem acionados os motores, houve um “Engine tail pipe fire”, que é um incêndio causado pelo excesso de combustível na câmara de combustão. A tripulação seguiu os procedimentos recomendados pelo fabricante para situações como esta e não houve feridos.

PR-GXA2

A aeronave faria o voo GLO1415 com destino ao aeroporto de Congonhas e no momento do incidente estava com 145 passageiros e tripulantes. Segundo a Gol, os 145 clientes foram realocados em dois outros voos com destino a São Paulo. A Inframerica, consórcio que administra o aeroporto, informou que cinco carros de bombeiros foram acionados para conter o fogo.

PR-GXA1

Ainda segundo a Inframerica, o incidente não comprometeu a operação do terminal aeroportuario e, que os demais voos partindo ou chegando ao aeroporto continuaram operando normalmente. A aeronave foi posteriormente rebocada para o Pátio 3, onde já estão duas aeronaves A318 da Avianca e Um A300 cargueiro da Sterna Linhas Aéreas.

(28)