A venda das inscrições para a Flying Run By GOL no Aeroporto de Brasília voaram! Em menos de três semanas mais de 93% dos ingressos já haviam sido vendidos para a primeira corrida de rua que acontecerá inteiramente em uma pista de pousos e decolagens de um aeroporto brasileiro. Os ingressos esgotaram e no próximo domingo (29), 2.500 corredores competirão em provas de 7k, 14k e meia maratona (21k).

“Ficamos muito felizes em ver a velocidade que os ingressos foram vendidos, porque sentimos o carinho que os passageiros têm com o nosso terminal. Todos os eventos que organizamos são bem recebidos pelo público e têm uma boa adesão. Essa aproximação é fundamental para nós, administradores aeroportuários. Estamos na expectativa para proporcionar uma corrida diferente e inesquecível”, diz Rogério Coimbra, diretor de assuntos corporativos da Inframerica, administradora do Aeroporto de Brasília.

Na sexta-feira (27) e no sábado (28) será a entrega dos kits dos corredores na Praça de Alimentação do terminal brasiliense. Os atletas receberão mochila, garrafinha e camiseta. Para a retirada será preciso apresentar o comprovante de inscrição.

A pista chamada 11R29L tem 3.300 metros de comprimento e 45 metros de largura. No domingo ela deixará de receber aviões para dar lugar aos corredores. Por dispor de duas pistas paralelas com uma distância segura entre elas e capacidade para receber um pouso ou decolagem a cada 52 segundos, o fechamento não impactará a operação do Aeroporto de Brasília, que operará todos os voos na outra pista. Um privilégio que poucos aeroportos do Brasil possuem!

Mapa da corrida

Os corredores e acompanhantes serão recepcionados em uma área de convivência. No espaço o Sabin estará com uma tenda de massagens, a Polícia Civil disponibilizará um dos seus helicópteros, o Carcará, para exposição aos participantes, além de música e atrações. A Inframerica também terá uma tenda onde os convidados da concessionária poderão receber massagens feitas pelas profissionais do AeroSpa.

Não será possível acessar a área com bolsas e mochilas, por isso, um guarda-volumes gratuito estará disponível aos participantes.

A primeira largada acontece às 7h. Em nenhum momento do trajeto os atletas esquecerão que esta é uma corrida em um aeroporto: Além de correr um uma enorme pista onde os aviões pousam e decolam, o carro madrinha da prova será o Follow Me, veículo amarelo do Aeroporto de Brasília responsável pela condução das aeronaves até a posição de parada. Os fiscais de pátio, que sinalizam as manobras de estacionamento das aeronaves, utilizarão os bastões luminosos para indicar aos corredores o percurso a ser seguido. Para recepcionar os corredores que completarem a prova e para refrescar neste calor, o Rosenbauer Panther, caminhão de combate à incêndios dos Bombeiros de Aeródromo farão o batismo dos atletas, assim como é feito quando uma nova aeronave começa a operar no terminal.

O Aeroporto de Brasília disponibilizará estacionamento, porém estará sujeito a lotação. Por isso, a Inframerica solicita aos corredores que optem por vir para a prova utilizando aplicativo de transporte, táxi, transporte público e carona solidária.

A Flying Run by GOL tem o patrocínio da companhia aérea, BRB Card e Cosan, e apoio da Globo, Transamérica, Sabin e Oh My Garlic. Toda a prova será realizada seguindo todas as normas de segurança que uma área da aviação civil exige. Após a realização das provas será feita uma varredura para que nada seja deixado na pista de pousos e decolagens. A operação de voos deverá ser retomada no turno da tarde sem gerar nenhum impacto na operação do aeroporto.

(0)